Blog do Mauricio Stycer http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br Espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor. Tue, 28 Feb 2017 03:33:28 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.7.2 Fátima narra carro chegando no estúdio: “Vai bater! Vai bater! E bateu!” http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2017/02/28/fatima-narra-carro-chegando-no-estudio-vai-bater-vai-bater-e-bateu/ http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2017/02/28/fatima-narra-carro-chegando-no-estudio-vai-bater-vai-bater-e-bateu/#respond Tue, 28 Feb 2017 03:05:41 +0000 http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/?p=35221

Carro alegórico bate em estúdio e quase mata Fátima Bernardes ao vivo pic.twitter.com/MxHEVGgbUv

— Thiago Cipriano (@thiagocipriano) 28 de fevereiro de 2017

Drama para a União da Ilha, o gigantismo de um carro alegórico da escola acabou tendo um efeito cômico ao passar diante do estúdio da Globo no Sambódromo na noite de segunda-feira (27). Com enorme dificuldade para manobrar, o carro chegou a encostar na estrutura de vidro montada pela emissora – uma situação narrada com graça por Fátima Bernardes. “Vai bater aqui! Vai bater! E bateu no estúdio!”

Imediatamente, a cena virou meme no Twitter.

Veja também
Carro volta a dar problema e ofusca brilho do desfile da União da Ilha

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

]]>
0
Cinco provas de que o Carnaval na TV pode ser muito sem noção http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2017/02/27/cinco-provas-de-que-o-carnaval-na-tv-pode-ser-muito-sem-nocao/ http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2017/02/27/cinco-provas-de-que-o-carnaval-na-tv-pode-ser-muito-sem-nocao/#respond Mon, 27 Feb 2017 07:21:22 +0000 http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/?p=35197 É muito Carnaval na TV – e tem para todo gosto. Ao longo da noite de domingo (26) e da madrugada desta segunda-feira (27), cinco emissoras exibiam atrações diferentes ao mesmo tempo. O cardápio ia do grupo especial no Rio (Globo) ao grupo de acesso em São Paulo (TV Brasil), passando por diferentes circuitos de Salvador (Band e SBT) e pelos bastidores de todos eles (RedeTV!).

Pulando de um canal para o outro, sempre há boas chances de encontrar alguma coisa divertida para ver. Mas o contrário também pode acontecer. Em meio a tanto Carnaval na TV, é igualmente fácil trombar com erros, vacilos e gente chata falando sem parar.

Abaixo, cinco momentos muito sem noção de uma noite de Carnaval na televisão:

A modesta Susana Vieira fala do seu “talento absurdo”

Susana Vieira tem o hábito de dar entrevistas excelentes, repletas de sinceridade. Em tempos de Carnaval, então, a atriz é um espetáculo ambulante. Destaque da Grande Rio, que este ano homenageou Ivete Sangalo, ela estava impossível. Provocada pela repórter Monica Sanches, da Globo, sobre suas semelhanças com a cantora, Susana começou a responder com um “modéstia à parte” e mandou: “Passam-se os anos e a gente continua. Ela com aquela voz fantástica e eu com meu talento absurdo”.


O desentrosamento de Fátima Bernardes e Alex Escobar


Na sua primeira noite como narrador do desfile do grupo especial, substituindo Luiz Roberto, Alex Escobar pareceu pouco à vontade, em especial na interação com Fátima Bernardes. Com problemas técnicos no estúdio da emissora, microfones falhando a todo momento e sem saber direito onde se posicionar, o narrador também se atrapalhou ao arriscar alguns passos de samba. Num momento cômico, Escobar e Fátima se deram conta que os dois estavam oferecendo microfones para Ivete Sangalo e os retiraram ao mesmo tempo, deixando a cantora sem nenhum. A dupla também se atrapalhou ao ver Xuxa na tela da emissora e “esqueceu” Paloma Bernardi num canto do estúdio.

Agnaldo Timóteo: “Não é Daniela Mercury; é Daniel”

Um debate sobre casamento gay protagonizado por Agnaldo Timóteo e Leo Aquila. Parece pauta do “Superpop”, mas foi, acredite se quiser, do “Bastidores do Carnaval”. Buscando provocar polêmica a qualquer custo, o programa comandado por Nelson Rubens abriu o microfone para o cantor reproduzir preconceitos, como ao falar da cantora Daniela Mercury (veja no vídeo acima): “Não é Daniela, é Daniel. Se ela falou: tô apresentando minha mulher…” Lamentável.


Sofrência e música sertaneja em cima do trio elétrico


Tudo bem que no Carnaval vale tudo. Mas ter que ouvir música sertaneja durante um desfile de trio elétrico em Salvador é um pouco demais. Saudados por Betinho e Ligia Mendes, Matheus e Kauan se esbaldaram durante a transmissão da Band Folia. Cantaram, deram entrevista, promoveram o novo DVD e festejaram a estreia na terra do axé: “Esse ano aqui foi só pra sentir. Ano que em a gente volta”, prometeram.


Enquanto desfila no Rio, Ivete canta no SBT


O investimento do SBT na sua transmissão de Carnaval pode ser medido pelo horário em que o programa começou neste domingo: à 1h10 da manhã de segunda-feira. E, para piorar, o primeiro destaque da noite foi uma das passagens de Ivete Sangalo pelo circuito de trios elétricos de Salvador. Era, claro, uma reprise. Na mesma hora, a cantora baiana percorria o Sambódromo carioca, como homenageada da Grande Rio. A emissora ficou com o troféu de programação menos inspirada da noite.

Veja também
Cinco provas de que Chico Pinheiro nasceu para narrar desfile de Carnaval
Cinco provas de que o Carnaval da RedeTV! é de outro planeta

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

]]>
0
Globo reedita The Voice Kids e some com Victor após acusação de agressão http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2017/02/26/globo-reedita-the-voice-kis-e-some-com-victor-apos-acusacao-de-agressao/ http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2017/02/26/globo-reedita-the-voice-kis-e-some-com-victor-apos-acusacao-de-agressao/#respond Sun, 26 Feb 2017 16:42:27 +0000 http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/?p=35181
Apesar de dizer que decidiu manter os programas já gravados por Victor para o “The Voice Kids”, a Globo sumiu com o sertanejo do episódio exibido neste domingo (26). Apenas seu irmão e parceiro Leo apareceu em detalhes durante o programa.

Victor entrou para o noticiário policial esta semana depois que sua mulher, Poliana, que está grávida, o acusou formalmente de agressão. O caso está registrado na polícia em Belo Horizonte.

Em nota lida no início do programa, o apresentador Andre Marques disse que Victor pediu afastamento do “The Voice Kids” para “se dedicar totalmente” ao caso. Mas, como dois episódios já estavam prontos, a emissora decidiu “manter o programa como ele foi gravado”.

O que se viu, no entanto, é que ocorreu um minucioso processo de edição, de maneira a eliminar Victor. Ele apareceu apenas de longe, sem direito a nenhuma fala ou imagem em detalhe.

Ao exibir a batalha do trio formado por Giulia, Laura e Luiz Ricardo, do “time Victor & Leo”, não foi mostrado nem o tradicional VT com as crianças ensaiando com os técnicos e nem qualquer depoimento de Victor. Como os dois irmãos foram ao palco abraçar os candidatos ao fim do número, os cortes deixaram Victor sem cabeça (imagem acima).

Abaixo, a mensagem lida por Andre Marques:

“Esta semana aconteceu um fato importante envolvendo um dos técnicos aqui do nosso programa, uma acusação bastante grave de violência doméstica envolvendo o Victor. A Globo repudia toda e qualquer forma de violência e acredita que essa acusação precisa ser apurada com rigor, garantindo o direito de defesa na busca da verdade. O Victor, inclusive, nos procurou, informando que iria se afastar do programa para se dedicar totalmente a este caso. No entanto, você que acompanha o nosso The Voice Kids sabe que estamos no momento muito especial da disputa das crianças. Como o nosso programa de hoje e o da semana que vem já estavam gravados, em respeito a estas crianças, que se esforçaram tanto para chegar até aqui nas batalhas, decidimos manter o programa como ele foi gravado. E o jornalismo da Globo vai acompanhar o desenrolar deste caso para que você saiba tudo que está acontecendo”.

Veja também
Sertanejo Victor pede afastamento do The Voice após ser acusado de agressão
Grávida, mulher acusa sertanejo Victor Chaves de agressão
Mulher de Victor faz exame de corpo de delito; mãe do cantor denuncia nora

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

]]>
0
Cinco provas de que Chico Pinheiro nasceu para narrar desfile de Carnaval http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2017/02/26/cinco-provas-de-que-chico-pinheiro-nasceu-para-narrar-desfile-de-carnaval/ http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2017/02/26/cinco-provas-de-que-chico-pinheiro-nasceu-para-narrar-desfile-de-carnaval/#respond Sun, 26 Feb 2017 07:27:58 +0000 http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/?p=35166 O esforço da Globo para tornar os seus telejornais mais leves e informais esbarra, frequentemente, na falta de jeito de muitos apresentadores e repórteres. Poucos conseguem transmitir naturalidade ao improvisar e fazer graça. Chico Pinheiro está neste time restrito – esbanja simpatia e carisma sem fazer muita força.

Não à toa, o apresentador do “Bom Dia Brasil” é também, já há alguns anos, apresentador do desfile das escolas de samba de São Paulo. Nesta função, ao lado de Monalisa Perrone, Pinheiro mostra que nasceu para narrar desfile de Carnaval.

Abaixo, cinco momentos do jornalista mais boa praça da Globo.

“Na outra encadernação vou ser piloto”

Em um vídeo divulgado neste sábado (25) nas redes sociais, Chico e Monalisa estão em um helicóptero, que os leva do aeroporto de Congonhas para o Sambódromo paulistano. Enquanto ela está morrendo de medo, ele diz que adora voar e, brincando, conta que “na outra encadernação” vai ser piloto (veja o vídeo acima).

Produz os próprios memes

Chico Pinheiro adora as redes sociais e sabe que, hoje em dia, mais vale uma piada muito compartilhada do que a seriedade que provoca indiferença. “Muita gente fica assistindo Carnaval para pegar uma derrapada e tentar converter isso num meme”, disse ele à repórter Natalia Guaratto. A foto acima, divulgada pela Globo na noite deste sábado, é a prova de que o jornalista assumiu ser um personagem de sua própria história na internet.

Parece o “tio do pavê”

Animado, mas bem desajeitado, Chico Pinheiro costuma ensaiar passos de dança no estúdio da Globo no Sambódromo (imagem acima). Também se arrisca em trocadilhos e piadas sem graça, como esta, dedicada a um dos comentaristas da equipe: “Ailton Graça, toda a graça do Carnaval de São Paulo”. E passa a noite inteira tentando convencer Monalisa a sambar. “Já tem até hashtag aqui: samba Monalisa”.

Tem cultura musical


Chico Pinheiro não comanda o desfile da Globo em São Paulo porque tem voz potente ou “vende” emoções. O maior patrimônio do jornalista é a sua cultura musical e a familiaridade com o universo do samba. “Zé da Zilda, que eu citei hoje, é autor de ‘Saca-rolha’, uma antiga marchinha de Carnaval”, ensinou neste sábado. Também tem boas lembranças do rádio. Como já fez em outros anos, recorreu a um bordão de Waldir Amaral (1926-1997), célebre narrador esportivo, para falar do tempo de desfile: “O re-ló-gio mar-ca”.

Torce e sofre pelas escolas


O narrador claramente se envolve com o desfile das escolas. Sofre quando um carro tem dificuldades de entrar na avenida. Fica aflito se o tempo vai estourar. Preocupa-se se uma passista passa mal. Aliás, toda a equipe, Monalisa Perrone, Ailton Graça, Celso Viafora e Alemão do Cavaco, transmite admiração, respeito e carinho pelas escolas, mas consegue evitar os exageros da adulação.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

]]>
0
Após os excessos da estreia, Carnaval da RedeTV! fica mais bem comportado http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2017/02/26/apos-os-excessos-da-estreia-carnaval-da-redetv-fica-mais-bem-comportado/ http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2017/02/26/apos-os-excessos-da-estreia-carnaval-da-redetv-fica-mais-bem-comportado/#respond Sun, 26 Feb 2017 04:11:17 +0000 http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/?p=35156
Quem assistiu ao “Bastidores do Carnaval” na sexta (24) e voltou a ver neste sábado (25) deve ter notado a diferença. Depois de uma estreia a mil por hora, o programa da RedeTV! reduziu a velocidade. O blog apurou que exageros cometidos na estreia desagradaram a cúpula da emissora e a ordem foi evitar excessos no segundo dia.

No momento de maior repercussão do primeiro programa, uma modelo sem roupa, apenas pintada com as cores da bandeira do Brasil, se agachou no palco, de costas, expondo detalhes anatômicos. Também houve, como é praxe, muito close em bumbuns e debates apimentados sobre o tanto de silicone aplicado no corpo das modelos entrevistadas.

Neste sábado, mais “família”, o “Bastidores” manteve a irreverência, mas mostrou menos – menos mulheres seminuas, menos detalhes anatômicos, menos perguntas com duplo sentido.

Nelson Rubens segue divertido no comando da atração, tentando colocar alguma ordem no caos promovido por suas convidadas – em especial Rogéria e Isadora Ribeiro. As duas, aliás, encenaram no palco a vinheta de abertura do “Fantástico” que a atriz protagonizou nos anos 80.

Veja também
Cinco provas de que o Carnaval da RedeTV! é de outro planeta

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

]]>
0
Cinco provas de que o Carnaval da RedeTV! é de outro planeta http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2017/02/25/cinco-provas-de-que-o-carnaval-da-redetv-e-de-outro-planeta/ http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2017/02/25/cinco-provas-de-que-o-carnaval-da-redetv-e-de-outro-planeta/#respond Sat, 25 Feb 2017 04:58:33 +0000 http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/?p=35141
Sem fazer muito esforço, a RedeTV! continua a apresentar a cobertura de Carnaval mais absurda e, eventualmente, divertida da televisão brasileira. Com sua equipe de repórteres desinibidos, apresentadores desbocados, câmeras tarados e gente disposta a fazer qualquer coisa para aparecer na televisão, “Bastidores do Carnaval” é um ótimo remédio contra o tédio.

Em seu 16º ano, a atração comandada por Nelson Rubens e Flavia Noronha contou com um timaço de comentaristas – Rogéria, Geisy Arruda e Andrea Nóbrega. Duas passistas, como de hábito, passaram a noite sambando no palco. Entre os repórteres, uma novidade foi a presença da atriz Isadora Ribeiro, que deu show.

Abaixo, cinco momentos inesquecíveis, que ajudam a explicar por que o Carnaval da RedeTV! é de outro planeta.

Esse bumbum é natural?

Essa pergunta é sempre feita no “Bastidores do Carnaval”. A primeira modelo a respondê-la foi Ju Isen. Ela garantiu que é o seu natural, mas nem todas as comentaristas acreditaram. Inteiramente pintada com as cores da bandeira brasileira, a moça ouviu várias piadas. “Tá faltando a frase ordem e progresso”, observou Nelson Rubens, antes de perguntar: “Essa bandeira tá a meio pau?” O ápice ocorreu quando Flavia Noronha pediu que ela se agachasse, de costas. A cena chocou até os mais despudorados.

“Sininho moderninha”

Isadora Ribeiro estreou no Carnaval da RedeTV! mostrando total desinibição. Ela explicou que estava fantasiada de “Sininho moderninha”. Diante de Alexandre Frota, perguntou: “Você colocou peito?” Ele respondeu que, apesar de não ter nada contra, não colocou silicone no peito. Diante de três modelos, fez as seguintes perguntas: “E o silicone? Quantos litros você colocou, linda? É caro? Você dividiu? É um investimento que vale a pena?”

“É Felinni”

A modelo Danny Moraes, prima da Sabrina Boing Boing, apareceu em cena tomando banho de sal grosso na fonte de um hotel perto do Sambódromo. As comentaristas do “Bastidores” deram suas opiniões sobre a cena: “É só pra aparecer”, avaliou Geisy Arruda, que entende deste assunto. “É marketing”, disse Andrea Nóbrega, que também sabe do que está falando. “É Fellini”, observou Rogéria, lembrando-se de Anita Ekberg na Fontana di Trevi em cena de “La Dolce Vita”.

É “Fantástico”!

Isadora Ribeiro, para quem não se lembra, protagonizou uma das aberturas mais famosas do “Fantástico”, da Globo, nos anos 80, na qual surgia, toda sensual, saindo da água. Rogéria não apenas se lembrou disso, como tentou imitar Isadora no palco da RedeTV! – com direito à música do programa da Globo.

“Já te confundiram com travesti?”

Leo Aquila, como já é uma tradição, atuou como repórter do “Bastidores”, fazendo algumas das perguntas mais absurdas. Diante de uma modelo, quis saber: “Já te confundiram com travesti?” E Vivi respondeu: “Com travesti, não. Mas já me confundiram com a Grazi”. Leo achou que ela estava se comparando com Gracyanne Barbosa, mas Vivi esclareceu: “Com a Grazi Massafera”.

Neste sábado tem mais…

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

]]>
0
Faro, Luciana Gimenez e Ratinho aparecem juntos na TV em campanha; veja http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2017/02/24/faro-luciana-gimenez-e-ratinho-aparecem-juntos-na-tv-em-campanha-veja/ http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2017/02/24/faro-luciana-gimenez-e-ratinho-aparecem-juntos-na-tv-em-campanha-veja/#respond Sat, 25 Feb 2017 00:13:49 +0000 http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/?p=35133

Record, RedeTV! e SBT protagonizaram um momento histórico na noite desta sexta-feira (24). Unidas em uma campanha sobre o desligamento do sinal analógico de TV em São Paulo, programado para 29 de março, Rodrigo Faro, Luciana Gimenez e Ratinho apareceram em um mesmo vídeo, de 60 segundos, divulgando informações sobre o processo de mudança.

As gravações ocorreram na Record no início desta semana. Conforme informou o colunista Flavio Ricco, outros apresentadores das três emissoras vão participar. Eliana, Marcelo Rezende, João Kleber, Geraldo Luís, Celso Portiolli e Daniela Albuquerque estão entre os nomes escalados.

A campanha vai depois para Goiânia, com desligamento previsto 31 de maio; Belo Horizonte, Fortaleza, Recife e Salvador (programado para 26 de julho); interior de São Paulo (22 de setembro) e, por último, Rio e Vitória (25 de outubro).

Simba

Record, RedeTV! e SBT estão unidas também em uma empresa, chamada Simba, criada em 2016 com o objetivo de negociar os sinais dos três canais com as operadoras de TV por assinatura. As três emissoras hoje não recebem nada por isso.

Veja também
Associação entre canais para enfrentar TV por assinatura expõe setor a debate

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

]]>
0
Resistência a mexer em “Velho Chico” explica saída de diretor da Globo http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2017/02/24/resistencia-a-mexer-em-velho-chico-explica-saida-de-diretor-da-globo/ http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2017/02/24/resistencia-a-mexer-em-velho-chico-explica-saida-de-diretor-da-globo/#respond Fri, 24 Feb 2017 21:44:58 +0000 http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/?p=35123
A Globo anunciou na tarde de sexta-feira (24) que, “em comum acordo” com Luiz Fernando Carvalho, não renovará o contrato com o diretor. A nota (veja abaixo) menciona alguns dos mais significativos trabalhos que ele realizou nos 30 anos em que foi vinculado à emissora, mas não cita a ótima “Velho Chico”, que teve papel importante na decisão.

Escrita por Benedito Ruy Barbosa, a novela das 21h, exibida em 2016, foi objeto de críticas internas na Globo, especialmente de Silvio de Abreu. O diretor de Teledramaturgia cobrou uma série de mudanças tanto na trama quanto nas opções artísticas de Carvalho. Mas o autor e o diretor resistiram à maioria das pressões e mantiveram a novela da forma como imaginaram.

Depois de “Velho Chico”, a Globo ainda exibiu um último trabalho de Carvalho, em janeiro de 2017, a minissérie “Dois Irmãos”, cujas gravações ocorreram em 2015. Apenas a edição do material foi realizada depois do fim da novela, a partir de outubro de 2016.

A nota da Globo esclarece que pretende continuar contando com o trabalho de Carvalho, mas em “um novo modelo de relacionamento, agora por obra certa”.

A trajetória do diretor na emissora foi marcada por um compromisso intransigente com qualidade. Mesmo que questionado em alguns momentos por realizar trabalhos de difícil assimilação ou com audiência abaixo da esperada, Carvalho insistiu na ideia de que é preciso oferecer ao espectador o que ele não sabe que quer ver.

São fruto desta obstinação trabalhos como “Os Maias”, “Hoje é Dia de Maria”, “A Pedra do Reino”, “Subúrbia”, “Alexandre e Outros Heróis” e, mais recentemente, “Dois Irmãos”, entre outros. O diretor também deixou a sua marca em novelas como “O Rei do Gado”, “Renascer” e, em 2014, “Meu Pedacinho de Chão”.

Abaixo a nota oficial da emissora:

Globo e Luiz Fernando Carvalho decidem seguir com parceria em modelo obra certa

A Globo e o diretor Luiz Fernando Carvalho decidiram em comum acordo que vão partir para um novo modelo de relacionamento, agora por obra certa.

A parceria de 30 anos entre a Globo e o diretor vai se manter, mas em outros moldes. Marcada pela inovação e a criatividade, gerou produtos de grande sucesso de público e crítica, como ‘O Rei do Gado’, ‘Renascer’, ‘Os Maias’, ‘Hoje é Dia de Maria’ e a mais recente ‘Dois Irmãos”, entre outras obras. Esse novo modelo permitirá que Luiz Fernando Carvalho desenvolva projetos também com outros parceiros

“A Globo continuará contando com o trabalho de Luiz Fernando Carvalho numa dinâmica como a que hoje tem com outros grandes diretores do mercado. Sempre que houver uma grande história para ser contada por Luiz Fernando Carvalho na Globo, a emissora e o diretor trabalharão juntos para levar o projeto ao ar”, esclarece Sergio Valente, diretor de Comunicação da Globo.

Veja também
“Cadê a peruca? Ninguém lembra mais”, diz diretor sobre atuação de Fagundes
Na minha novela o Silvio de Abreu não põe a mão, diz Benedito Ruy Barbosa
“Não tenho regras e não acredito nelas”, diz o diretor de “Dois Irmãos”
“Não faço da televisão um bico”, diz Luiz Fernando Carvalho

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

]]>
0
Em meio ao JN, Bonner reclama do calor e reflete sobre a felicidade http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2017/02/23/em-meio-ao-jn-bonner-reclama-do-calor-e-reflete-sobre-a-felicidade/ http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2017/02/23/em-meio-ao-jn-bonner-reclama-do-calor-e-reflete-sobre-a-felicidade/#respond Fri, 24 Feb 2017 00:52:18 +0000 http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/?p=35117
Num dia de noticiário forte e pesado – desemprego, Lava-Jato, troca de dois ministros, ataque policial na Cracolândia, incidentes com dois aviões em São Paulo – o apresentador do “Jornal Nacional” encontrou tempo para reclamar do calor e refletir sobre a felicidade.

Depois de ouvir Maria Julia Coutinho informar que a temperatura no Rio nesta quinta-feira (23) causou sensação térmica de 43 graus, William Bonner observou: “Você falou em 43 graus de sensação térmica pro Rio. Eu particularmente considero que 43 graus é uma temperatura que não permite a felicidade, Maju. É impossível ser feliz com 43 graus. Com terno, com short, não importa a roupa.” Em resposta ao desabafo, Maria Julia riu e disse: “Esse calor é difícil mesmo, Bonner”.

A conversa informal prosseguiu depois que a jornalista prometeu: “E amanhã a gente vem com a previsão para o Carnaval de São Paulo e também de lugares para a pessoa que não quer curtir o Carnaval”. Deu-se, então, o seguinte diálogo:

Bonner
: Você tá supercarnavalesca.
Maria Julia: Eu?
Bonner: É. Você falou ontem pra Renata de um bloco que era o quê, Renata? Engrossa coxa?
Maria Julia: Eu aprendi ligando para a afiliada de Ouro Preto. É o bloco do engrossa coxa porque sobe muita ladeira.
Bonner: Eu não quero atrasar o Jornal Nacional, mas tenho que confessar que a Renata, depois que voltou para a bancada, falou: ‘Gozado, mas se a pessoa tem subir ladeira, a coxa não deveria ficar mais fina? Vai engrossar? Que história é essa?
Maria Julia: Imagina! Malhando! Engrossa, sim, a musculatura.
Bonner: Vamos tomar esta lição amanhã

Como se vê, está sobrando tempo no “Jornal Nacional” para conversas muito interessantes.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

]]>
0
Em 2017, Porchat vai entrevistar anônimos e espera atrair “órfãos do Jô” http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2017/02/23/em-2017-porchat-vai-entrevistar-anonimos-e-espera-atrair-orfaos-do-jo/ http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/2017/02/23/em-2017-porchat-vai-entrevistar-anonimos-e-espera-atrair-orfaos-do-jo/#respond Thu, 23 Feb 2017 07:01:34 +0000 http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/?p=35103
A segunda temporada do “Programa do Porchat” só estreia em 6 de março, mas o apresentador já está trabalhando desde o início de fevereiro. Os fãs do talk show da Record podem esperar várias novidades, como ele adiantou em entrevista ao UOL.

Em companhia de Rosana Hermann, chefe de roteiro, Fábio Porchat esteve em Los Angeles, por seis dias, conversando com produtores e redatores de dois talk shows famosos, os de Ellen DeGeneres e Conan O´Brien. De lá, trouxe algumas lições (na foto, no palco do programa do apresentador americano).

“Para sentar na plateia da Ellen é preciso reservar com um ano de antecedência. Quem vai é porque é fã, quer muito participar. Não é de caravana. Faz diferença”, conta. “Outra coisa. Eles preparam muito a plateia antes de começar a gravar. Deixam o público animado. Esse calor das pessoas interfere muito na recepção das piadas”.

Exibido pela Record, o seu talk show é realizado pela Eyeworks, uma produtora que pertence à Warner – um grupo de mídia ao qual estão vinculados os apresentadores americanos que ele visitou. “Os caras nos receberam muito bem. Assistiram aos episódios do meu programa e comentaram o que viram”.

“Conan faz isso há 24 anos. Ellen há 14 (na foto ao lado, Porchat e Rosana Hermann estão no estúdio da apresentadora). Apesar das diferenças de estrutura, é muito semelhante ao que a gente faz”, diz.

Desta visita, o apresentador brasileiro voltou convencido a investir mais em entrevistas com figuras anônimas talentosas. “Eles fazem muitas entrevistas com desconhecidos. Descobrem pessoas curiosas, divertidas. Levam para o estúdio, ensaiam para ver se vai render mesmo. E se render, no dia seguinte, gravam para o talk show”.

Lembro a Porchat que Jô Soares também fazia muito isso. “Sim. Jô era o You Tube da época. A pessoa ia no Jô e estourava. Mas, depois da internet, mesmo o Jô já não teve a mesma força”, diz.

O plano de entrevistar anônimos, garante, não tem relação com a eventual dificuldade de levar gente famosa ao estúdio. “Não vai faltar convidados. Ainda temos uma lista de nomes forte”, garante.

Segundo o apresentador, a grande preocupação hoje dos talk shows é produzir e exibir algo no programa capaz de repercutir nas redes sociais. “Todos eles buscam aquele um minuto que vai viralizar na internet. É a busca de todos. Isso faz muita diferença”, diz.

Porchat cita a entrevista que fez com Ronnie Von para ilustrar o impacto que a internet pode ter sobre um talk show. “Foi mal na TV, deu 3 pontos, mas um quadro viralizou (veja o trecho aqui). As pessoas dizem: ‘Foi a melhor entrevista’. Mas elas não viram na TV”. E repete: “Eles buscam muito isso lá nos Estados Unidos também. Qual é o minuto que vai viralizar?”.

Porchat promete que vai continuar a tratar de temas polêmicos no talk show. “Os monólogos do programa são sempre focados em política. Tive a alegria de falar de tudo sem receber um ‘ai’ da Record. Quero manter essa pegada. Dá para bater em todo mundo. A gente é imparcial. Temos sinal verde da emissora para seguir em frente”, garante. “Na estreia, vamos exibir um quadro com crianças contando a história da Lava-Jato”.

Outro plano é ir mais para a rua, produzir quadros em contato com pessoas no cotidiano. “Já fiz isso em 2016, mas vamos fazer mais este ano.”

Ao longo de 2017, Porchat não terá mais a concorrência de Jô Soares, mas vai enfrentar Pedro Bial, que substituirá o Gordo na Globo. “Não faço ideia do que vai ser”, diz. “Sei que existe um público carente, que são os órfãos do Jô. Vamos atrás deles. A audiência já subiu em dezembro, depois do último programa do Jô. Em março ainda dá para catequizar pessoas. Bial só estreia em abril.”

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

]]>
0