Blog do Mauricio Stycer

“Zorra” volta com ótima reflexão sobre o papel do humor em tempos de crise

Mauricio Stycer

16/04/2017 12h42


Em diferentes clipes promocionais antes da estreia da terceira temporada, o “Zorra” já havia colocado em dúvida a capacidade de o seus roteiristas superarem, com humor, a galhofa do mundo real. “Está difícil competir com a realidade” foi o conceito da ação.

Esta mesma reflexão foi o tema da abertura do programa, neste sábado (15). Em um clipe brilhante, com Dani Calabresa no papel de uma cantora de “sofrência”, e quase todo o elenco do humorístico fazendo figuração, o “Zorra” anunciou:

“Brasil, quem é seu roteirista?
Isso aqui tá cada vez mais complicado
Tiraram as mulheres do ministério
E mandaram todas para o supermercado
Boca Mole, Todo Feio e Angorá
Tá cheio de apelido engraçado
Enquanto essa gentalha se diverte
Meu emprego está sendo terceirizado
Desse jeito vou ficar desempregada
Logo eu que já fui capa de revista
E com essa reforma da Previdência
Só me aposento se virar um congressista
Ser humorista é mais difícil do que você pensa
A gente, às vezes, fica na sofrência
Correndo atrás pra te fazer sorrir
Ser humorista assim dessa maneira não compensa
Com os políticos na concorrência,
Vai ficar cada vez pior de competir”.

O segundo esquete mostrou a inauguração de uma prisão de segurança máxima. “Para que nossos cidadãos de bem se sintam tranquilos, sabendo que os malfeitores estão atrás das grades”, disse o mestre de cerimônias. Convidado a cortar a fita da nova prisão, é chamado o governador. E ele sai algemado, de dentro do próprio presídio, para o ato solene.

Foi um bom cartão de visitas. Que o “Zorra” siga afiado, sem medo de rir da tragicomédia nacional.

Veja também
Nova temporada de ‘Veep’ lembra da falta de humor político na TV brasileira

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Topo