Blog do Mauricio Stycer

Exposição de Silvio ganha mais duas semanas, mas não baterá recorde do MIS

Mauricio Stycer


O MIS (Museu da Imagem e do Som) decidiu prorrogar por mais duas semanas a exposição “Silvio Santos vem aí”. Programada para terminar no próximo dia 12 de março, ela ficará aberta até o dia 26.

A exposição recebeu até o momento 77 mil visitantes. Nos próximos dias chegará a 80 mil, tornando-se a terceira exposição mais visitada do MIS, atrás apenas de “Castelo Rá-Tim-Bum” (410 mil visitantes) e “O Mundo de Tim Burton” (213 mil).

Inaugurada em 7 dezembro de 2016, a exposição de Silvio Santos ficará aberta, no total menos, por menos de quatro meses, um período mais curto do que as duas exposições campeãs de audiência – a do “Castelo” ficou no museu entre 16 de julho 2014 e 25 de janeiro de 2015, e a de Burton entre 3 de fevereiro e 5 de junho de 2016.

Considerando o período em que foi aberta (dezembro) e a duração menor, o MIS considera o número total de visitantes muito bom.

O próprio Silvio Santos parecia prever que a exposição não seria um arrasa-quarteirão. Em novembro de 2016, depois de ter participado uma reunião com a equipe do museu, o UOL registrou a observação de Gabrielle Araújo, curadora do MIS: “Ele está ciente da exposição e está bem empolgado. Ele acha que não vai muita gente (risos), aliás ele acha curioso estarem fazendo uma exposição sobre ele. Não tem noção de quantas pessoas irão à exposição, mas está empolgado”.

Veja também
Nostálgica, exposição sobre Silvio Santos emociona até as filhas dele
Bastidores da exposição: Silvio rejeitou nomes de Hebe e de general em museu

UOL te leva à exposição sobre Silvio Santos

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Topo