Blog do Mauricio Stycer

Em meio ao JN, Bonner reclama do calor e reflete sobre a felicidade

Mauricio Stycer

23/02/2017 21h52


Num dia de noticiário forte e pesado – desemprego, Lava-Jato, troca de dois ministros, ataque policial na Cracolândia, incidentes com dois aviões em São Paulo – o apresentador do “Jornal Nacional” encontrou tempo para reclamar do calor e refletir sobre a felicidade.

Depois de ouvir Maria Julia Coutinho informar que a temperatura no Rio nesta quinta-feira (23) causou sensação térmica de 43 graus, William Bonner observou: “Você falou em 43 graus de sensação térmica pro Rio. Eu particularmente considero que 43 graus é uma temperatura que não permite a felicidade, Maju. É impossível ser feliz com 43 graus. Com terno, com short, não importa a roupa.” Em resposta ao desabafo, Maria Julia riu e disse: “Esse calor é difícil mesmo, Bonner”.

A conversa informal prosseguiu depois que a jornalista prometeu: “E amanhã a gente vem com a previsão para o Carnaval de São Paulo e também de lugares para a pessoa que não quer curtir o Carnaval”. Deu-se, então, o seguinte diálogo:

Bonner
: Você tá supercarnavalesca.
Maria Julia: Eu?
Bonner: É. Você falou ontem pra Renata de um bloco que era o quê, Renata? Engrossa coxa?
Maria Julia: Eu aprendi ligando para a afiliada de Ouro Preto. É o bloco do engrossa coxa porque sobe muita ladeira.
Bonner: Eu não quero atrasar o Jornal Nacional, mas tenho que confessar que a Renata, depois que voltou para a bancada, falou: ‘Gozado, mas se a pessoa tem subir ladeira, a coxa não deveria ficar mais fina? Vai engrossar? Que história é essa?
Maria Julia: Imagina! Malhando! Engrossa, sim, a musculatura.
Bonner: Vamos tomar esta lição amanhã

Como se vê, está sobrando tempo no “Jornal Nacional” para conversas muito interessantes.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Topo