Blog do Mauricio Stycer

Eliana desiste de usar nome de canal de humor do YouTube em novo quadro

Mauricio Stycer

18/11/2016 18h19

elianatemgracaounao2
Durou apenas um domingo o nome do novo quadro do programa de Eliana. Quando voltar ao ar, daqui a nove dias, no domingo 27, “Tem Graça ou Não?” vai aparecer rebatizado como “Disputa do Riso”.

O SBT desistiu de usar o nome depois que o criador de um canal de humor no You Tube, com o mesmo título, questionou a emissora. Ainda na tarde do último domingo (13), quando a brincadeira estreou, Eder Nascimento manifestou “surpresa” pela utilização do nome. “Tô confuso. Um dia alguém vai dizer que copiei o nome do quadro da Eliana”, disse ele ao blog.

temgracaounaoyt2O canal de Eder foi lançado em 2011. No ano seguinte, ele participou de um quadro do programa da Eliana chamado “Famosos da Internet”, que exibiu alguns dos seus vídeos – esquetes com piadas infames, de duplo sentido e trocadilhos para rir ou trolar o próprio espectador.

O quadro no programa do SBT é totalmente diferente. Trata-se de uma espécie de show de calouros da piada – o candidato só ganha algum dinheiro se fizer os jurados rirem com as suas graças.

Mas, além de ter o mesmo nome, usa também a mesma música que Eder coloca como tema de seus quadros, a “Super Polka”.

Antes de estrear, o SBT registrou a marca “Tem Graça ou Não?”, o que Eder não havia feito. O youtuber disse ao blog nesta sexta-feira (18) que pediu, como forma de reparação, que ganhasse uma participação fixa no programa de Eliana. Segundo ele, o SBT ofereceu apenas uma homenagem.

“Acredito que pra mim será melhor assim mesmo, pois depois do ocorrido seria difícil trabalhar lá e não ser sempre lembrado dessa forma”, disse Eder.

A emissora enviou ao blog a nota abaixo:

“O SBT informa que houve uma infeliz coincidência com a marca ‘Tem Graça ou Não?’. Apesar do SBT ter feito o depósito do título do quadro junto ao INPI, e portanto ter direito sobre a marca, a expressão ‘Tem Graça ou Não?’ não será mais usada pelo programa Eliana.

O título foi usado como nome de um quadro de humor do programa Eliana e também intitula um canal no YouTube, sendo certo que os respectivos formatos dessas atrações são totalmente diferentes apesar de coincidentemente terem a mesma nomenclatura.”

Veja também
Surpreso”, diz youtuber ao ver quadro de Eliana com o nome do seu canal

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Topo