Blog do Mauricio Stycer

Ronaldo perde a vergonha de mostrar a barriga

Mauricio Stycer

Levando a vida de forma sedentária há dois anos, segundo disse, Ronaldo virou personagem de um reality show sobre emagrecimento exibido no “Fantástico”.  O ex-jogador aceitou se submeter ao plano de exercícios e reeducação alimentar proposto pelo “Medida Certa”, o que inclui se deixar filmar em diferentes etapas do processo.

Empresário de sucesso, com negócios em diferentes áreas, incluindo uma empresa de gestão de imagem de atletas e sociedade em casas noturnas, além de garoto-propaganda de várias marcas, Ronaldo vai aparecer no programa ao longo de dez semanas, dividindo com os espectadores variados momentos de sua intimidade.

A julgar pela estreia, perdeu totalmente a vergonha que tinha de falar do seu peso. O que antes era troféu apenas de uns poucos paparazzi, agora é patrimônio geral: a imagem de sua barriga geométrica.

Não bastasse, compartilhou com o público a sua taxa de colesterol (283), a circunferência da cintura (107 cm) e o peso (118 kg). E ainda brincou com a situação constrangedora: “Privacidade? No ‘Fantástico’?”, disse ao ficar de sunga e colocar uma touca diante da nutricionista.

Qual o interesse de Ronaldo em tamanha exposição? O que ganha com isso? A apresentadora Renata Ceribelli fez a pergunta ao ex-jogador: “Por que você aceitou participar do ‘Medida Certa’?”.

“Pra mostrar pro Brasil que o esporte contribui com a saúde e se vive muito melhor praticando esporte”, disse. “Quando eu ponho um objetivo que vai ser conquistado, eu dou a vida, assim. Eu sou movido a desafios, então eu vou encarar isso como um grande desafio.”

Faltou dizer que perdeu a vergonha e, pelo visto, que agora aprecia a exposição de sua privacidade.

Mais informações sobre a estreia de Ronaldo no “Medida Certa” aqui e aqui.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Topo