Blog do Mauricio Stycer

Danilo Gentili repete problemas do programa do Jô

Mauricio Stycer

04/05/2012 06h01

Lançado no final de junho de 2011, o “Agora É Tarde” rapidamente foi visto como um concorrente viável ao “Programa do Jô”. Exibido inicialmente às quartas e quintas, dois meses depois da estreia o programa passou a ir ao ar também às terças. Danilo Gentili largou o “CQC” no final do ano para se dedicar com exclusividade ao projeto e, agora, em abril de 2012, o talk show ganhou um quarto dia de exibição, às sextas.

Com a mesma rapidez com que se estabeleceu, o talk show da Band já repete problemas e cacoetes bem conhecidos do público de Jô Soares. O mais irritante deles talvez seja o que chamei de “brodagem corporativa”, ou seja, a insistência em convidar estrelas da própria emissora para falar.

Normalmente, estas entrevistas têm o propósito de divulgar algum novo programa ou atividade do convidado. No início do ano, o elenco de “Mulheres Ricas” pintou e bordou no talk show, sem que nada de interessante ou relevante tenha sido falado. Quando Sabrina Sato esteve com Gentili, no final de março, o apresentador até tentou tratar de assuntos diferentes, mas a estrela do “Pânico” o lembrou: “Vamos falar mais do ‘Pânico’ porque eu vim aqui pra isso”.

Eventualmente a participação de uma estrela “da casa” no “Agora É Tarde” pode servir também para tapar algum buraco na programação. Foi o que transpareceu na entrevista com o ex-jogador Denilson, hoje comentarista da Band, que não tinha assunto nenhum a tratar com Gentili.

O texto que escrevi sobre a “brodagem corporativa” nos talk shows foi publicado no dia 1º de abril e pode ser lido aqui por assinantes do UOL e da Folha de S. Paulo. A entrevista que fiz com Gentili para o “UOL Vê TV” pode ser vista aqui. E meu comentário sobre a estreia do “Agora É Tarde” está aqui.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Topo