Blog do Mauricio Stycer

Dinho abandona “anarquismo de boutique” e conta que votou em Marina

Mauricio Stycer

Fãs de Dinho Ouro Preto me xingaram bastante porque eu o chamei aqui no blog de “anarquista de boutique” depois de ouvir o seu discurso apolítico no Rock in Rio. O líder do Capital Inicial disse então:

“Todo governo é ruim. A gente descobriu que gostava de falar mal de qualquer governo. Fosse ele de direita ou de esquerda, todos são iguais. A regra básica é: nunca confie em político”.

Uma semana depois, em entrevista ao “Estadão”, Dinho explica que se expressou mal no palco do Rock in Rio. “Você pensa em falar alguma coisa e na hora não sai como você quer”. O músico esclareceu ao jornal que não considera “todo governo ruim” nem que desconfia de todos os políticos.

Dinho contou que na última eleição, em 2010, votou em Marina Silva, do PV, para presidente, no primeiro turno. Anulou o voto no segundo, como muitos dos eleitores da candidata verde. “Sempre votei no Lula. Parei depois do mensalão. Não acho o Lula corrupto, eu faço uma boa avaliação do governo dele. Mas o grande erro foi a condescendência com aliados e com a coalizão que o sustentou”.

Concorde-se ou não com Dinho, este é um discurso político. Bem longe do anarquismo, por sinal.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo