Blog do Mauricio Stycer

Foto de Othon Bastos jovem substitui ator que fez primeiro marido de Marta
Comentários 1

Mauricio Stycer

ImperioSilvianoJovemForam ao ar, finalmente, os capítulos que mostram a revelação do segredo de Silviano (Othon Bastos) em “Império”. O mordomo de Maria Marta (Lilia Cabral) foi seu primeiro marido, o homem milionário que a deixou de mãos abanando na juventude. A revelação do mistério surpreendeu não apenas o público, mas a própria produção da novela.

Na única cena em que o primeiro marido apareceu, no segundo capítulo da novela, Romis Ferreira, um ator bem diferente de Othon Bastos, foi convocado para gravar (imagem no alto). Agora, depois da revelação, as imagens que estão sendo exibidas são de Bastos jovem.

O primeiro marido de Marta surgiu brevemente em uma lembrança da mulher, então vivida por Adriana Birolli. Dentro de um banco, em Genebra, Marta se recorda de sua última briga com Renato (é o nome citado).

ImperioSilvianoMartaCento e sessenta capítulos depois, fomos informados que o ex-marido Renato, na verdade, é Renato Silviano dos Santos Diniz, mais conhecido como o mordomo Silviano.

O recorte de jornal que mostra uma foto do casamento de Silviano e Maria Marta foi exibido em uma cena desta quarta-feira (27). A foto é uma montagem com as imagens de Adriana Birolli e de Othon Bastos quando jovem (lembra o ator na época de “Roque Santeiro”, em 1985).

O texto do jornal contém um erro de português, como notaram muitos espectadores. A palavra “enlace” está grafada errada, como “enlance”.

Na cena em que aparece, no capítulo 2, o ator que interpreta Renato tem uma única fala. Ele diz: “Se você assinar os papéis do divórcio e não me criar problemas, aí te dou as joias. Pago até a passagem, de classe turística, para você ir lá no banco, onde elas estão guardadas, buscar. Você vende lá mesmo, bota num leilão, faça o que achar melhor. E ao contrário do você diz, você sai desse casamento horroroso com o suficiente para viver dignamente até arranjar um idiota que te banque.”

Maria Marta, então, abre o cofre. Não há nenhuma joia, apenas uma folha de papel dobrada. Ela lê: “Vai à merda!”. Encerrou-se assim a participação de Renato.

A troca do ator por imagens de Othon Bastos jovem foi notada pelos leitores Mr. Novela e Danilo Prudente Duarte, a quem agradeço pela dica.

Cenas de “Império''

Cenas de “Império''

Em tempo: Como bem lembrou a leitora Michele Nunes, uma situação semelhante ocorreu em “Amor à Vida'', quando a Globo recorreu a uma atriz para mostrar cenas do passado da personagem de Elizabeth Savalla, mas já havia exibido imagens antigas da própria Savalla para caracterizá-la na juventude. Leia aqui.


“Felizes Para Sempre?” mostra mais clichês do que surpresas na estreia
Comentários 19

Mauricio Stycer


“Felizes Para Sempre?”, de Euclydes Marinho, estreou lançando de cara duas questões. Além do título terminar com um ponto de interrogação, o primeiro episódio também apostou em uma pergunta:“Onde colocar o desejo?”.

A primeira questão é retórica: pelas chamadas do programa, o público já sabia que veria uma história de gente infeliz, insatisfeita nos seus relacionamentos amorosos, em busca de novas experiências e aventuras.

A segunda pergunta, “onde colocar o desejo?”, procurou passar a impressão de que a série ambiciona alguma profundidade. Ela parece inspirada num verso de “Pecado Original”, música de Caetano Veloso (“A gente não sabe o lugar certo de colocar o desejo''), que por sua vez evoca Sigmund Freud (1856-1939), o pai da psicanálise.

Estamos todos, o tempo todo, tentando encontrar respostas para essa questão, mesmo quando não pensamos a respeito. E “Felizes Para Sempre?” não ofereceu nenhuma pista original para respondê-la.

Apesar da bela embalagem, enxerguei mais clichês do que surpresas no primeiro episódio, que girou em torno do milionário Claudio e de sua mulher belíssima, Marília. Infeliz na cama, ele busca prazer fora de casa, enquanto ela se queixa com a terapeuta. Poderoso, ele corrompe ministros para conseguir conquistar obras públicas, enquanto ela se pergunta qual foi a última vez que transaram.

A escalação de Enrique Diaz e Maria Fernanda Cândido para os papéis é um grande acerto. Eles formam um casal improvável e inesperado. Mas os seus personagens já foram vistos em dezenas de histórias. Igualmente pouco original é a decisão de contratar uma garota de programa, Danny Bond (Paolla Oliveira), para “aquecer” o casamento – e já sabemos, pelas chamadas, que ela vai dar um nó na cabeça dos dois.

Como o tema sugere, e os trailers promocionais adiantaram, não faltarão cenas picantes. As exibidas na estreia chamaram a atenção pela qualidade, sugestão e bom gosto – algo que falta, por exemplo, nas repetidas cenas de cama do comendador José Alfredo e Isis, em “Império”.

Em busca mais de efeito do que qualquer outra coisa, a Brasília que o diretor Fernando Meirelles mostra me pareceu totalmente afetada. Planos diferentes não são necessariamente planos bons – podem simplesmente acrescentar pouco à experiência de ver. Pior, como muita gente notou, usou-se sem cerimônia “referências” manjadas, como uma cena de “O Anticristo”, de Lars Von Trier.

Este primeiro episódio buscou oferecer uma visão panorâmica do conjunto, sugerindo mais do que mostrando, no esforço de seduzir o espectador. Em dez episódios, acredito que “Felizes Para Sempre?” ainda tem muito para mostrar. Um outro casal de protagonistas, formado por João Miguel e Adriana Esteves, ainda nem mostrou a que veio. Torço para que a série surpreenda mais do que nesta frustrante estreia.

Leia também
Com cenas quentes, “Felizes para Sempre?'' estreia esta segunda na Globo
Autor de “Felizes Para Sempre?'' diz que cena de sexo não é essencial
Nilson Xavier: “Felizes Para Sempre?” estreia com um texto afiado sobre relações conjugais
Internautas sugerem plágio de filme de Lars Von Trier em série da Globo


O problema da exposição de marcas em transmissões esportivas na TV
Comentários 3

Mauricio Stycer

redbull
A transmissão do amistoso entre Palmeiras e Red Bull Brasil, neste domingo (25), pelo SporTV ficou marcada pela decisão do canal do grupo Globo de só se referir à nova equipe como RB Brasil e pela alteração gráfica (imagem à direita) do escudo do time, de forma a evitar a exposição do seu nome/marca. Como o time disputará este ano o Campeonato Paulista, o assunto vai permanecer em pauta pelos próximos meses. Para quem não viu, republico abaixo o texto que escrevi a respeito, publicado segunda-feira no blog UOL Esporte Vê TV.

Alteração no escudo do Red Bull pelo Sportv lembra propagandas autoritárias

Considerado essencial ao esforço de modernização dos esportes no Brasil, o investimento e o patrocínio de empresas em equipes esbarra, já há mais de 20 anos, em um obstáculo aparentemente intransponível. Na visão de alguns veículos de comunicação, a exposição de marcas associadas a nomes de times ou estádios é entendida como publicidade disfarçada.

O problema é bem complexo e envolve diferentes interesses e pressões. O que uma emissora de televisão, que pagou (e caro) pelos direitos de transmissão de um evento esportivo ganha ao citar, sem remuneração alguma, o nome de uma equipe esportiva que é também uma marca?

A Globo, por seus investimentos no setor, é obrigada a lidar com este problema mais do que ninguém. Nas transmissões de vôlei do SporTV, por exemplo, já virou regra trocar o nome das equipes, atreladas a patrocinadores, pelos nomes das cidades onde estão baseadas.

Os nomes dos novos estádios de futebol (ou “arenas”) também têm sido alterados por diferentes veículos de comunicação no esforço de não mencionar as marcas que pagaram milhões de reais para batizá-los por longos períodos.

Foi o que ocorreu, mais uma vez, neste domingo (25), na transmissão de Palmeiras e Red Bull Brasil no Allianz Parque. A equipe virou RB Brasil e o estádio, como já havia acontecido antes, foi chamado de Arena do Palmeiras.

Mais feio, porque mais visível, foi a manipulação de imagens, efetuada no escudo da equipe. O SporTV simplesmente eliminou o nome que aparece no distintivo oficial do Red Bull Brasil.

O recurso lembra a manipulação de imagens feitas por regimes políticos autoritários, com o objetivo de reescrever episódios da história. O expediente ficou famoso por se tornar prática, por exemplo, no regime de Josef Stalin (entre 1922 e 1953), na então União Soviética. Políticos que caiam em desgraça por conflitos com o líder eram imediatamente eliminados de fotografias oficiais.

Vale lembrar que a Globo não está sozinha nesta apelação. Só para lembrar um caso famoso, em 2000 o “Lance!” apagava das imagens de sua capa a marca Pepsi-Cola estampada na camisa do Corinthians.

Este tipo de manipulação sempre pega mal. Antes da Copa de 94, nos Estados Unidos, a Globo foi ridicularizada ao transmitir um amistoso da seleção sem exibir as placas colocadas nas laterais do campo – elas mostravam uma marca de cerveja que patrocinava a CBF (Brahma), mas a emissora era apoiada por uma marca rival (Kaiser). Sempre que a bola chegava perto da lateral, para evitar mostrar as placas no topo da tela, a câmera enquadrava os jogadores da cintura para baixo.

Veja também
Torcedores detonam Sportv/Globo por mudar nome e brasão do Red Bull em jogo
Red Bull Brasil já esperava veto da Globo. E não está preocupado com isso


Mãe estraga casamento da filha na RedeTV! e pega 3 ex-namorados dela no SBT
Comentários 48

Mauricio Stycer

VocenaTVMaeefilha“Sabe por que você não se casou com o seu ex?”, pergunta Patrícia à filha Jéssica. A própria mãe responde: “A responsável por você não ter casado fui eu. Porque ele não merecia uma mulher como você. Mesmo você sendo a minha filha, você não era para ele. Porque ele era muito bom”. Jéssica parece perplexa e pergunta: “Por quê? Por que você fez isso comigo? Você ainda fala que é minha mãe?”

A cena ocorreu no auditório do programa “Você na TV”, comandado por João Kleber na RedeTV!, no último dia 8 de dezembro. Didático, diante da situação absurda, o apresentador interrompeu o bate-boca entre mãe e filha para tentar esclarecer: “Patrícia, você convenceu seu ex-genro a desistir do casamento não porque você não gostasse dele. Pelo contrário. Você achava que a sua filha não era mulher pra ele.” A mãe confirma.

CasosFamiliaMaeFilha2Para quem assistiu o programa, imagino que realmente seja difícil se esquecer desta mãe dizendo estas coisas para a filha. A leitora Rosa Silva, por exemplo, não se esqueceu. Nesta sexta-feira (23), 45 dias depois, ela estava vendo o “Casos de Família”, no SBT, quando reencontrou Patrícia e Jessica. “Quase não reconheci a filha. Agora, com os cabelos escovados, ela está um pouco diferente, mas na hora que a mãe entrou não teve jeito: reconheci as duas na hora'', conta.

Patrícia e Jéssica novamente foram apresentadas como mãe e filha, mas agora enfrentando uma situação diferente. Jessica contou que sua mãe se relacionou com três homens com quem ela havia namorado anteriormente. “Não é relacionamento sério. Fiquei uma semana com eles. Foi três. Aí eles vieram na minha casa e ela pegou os três. E depois me contou na cara de pau.” Patrícia disse que foi casada três vezes e está separada no momento.

O tema do programa foi “Minha mãe quer competir comigo”. Christina Rocha ficou do lado da filha. Afirmou que mulheres mais velhas devem evitar o “ridículo” e disse que não acha legal uma mãe ficar com ex-namorado da filha. “Só três”, ironizou Patrícia.

Qual será o próximo programa em que Jéssica e Patricia aparecerão? E qual história contarão?

Abaixo, Patrícia revela a Jessica que estragou o casamento da filha:
Mãe revela que convenceu genro a desistir de se casar com sua filha


Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos de Aguinaldo Silva
Comentários 8

Mauricio Stycer

ImperioJujuCarnavalNos  próximos capítulos de “Império” o público vai conhecer o samba escolhido para ser cantado pela União de Santa Teresa, cujo enredo no Carnaval deste ano vai homenagear o comendador José Alfredo (Alexandre Nero).

ImperioSambaA escolha do samba foi uma ação inteligente promovida pela Globo. Espectadores foram convidados a compor sambas e uma votação, no site da novela, definiu os três preferidos. Os finalistas se exibiram no último domingo (18), no “Fantástico”. O anúncio do vencedor será feito com as presença dos três finalistas em uma cena de “Império”.

Se a ideia do concurso pareceu bem original, o mesmo não se pode dizer do resto da história. Aguinaldo Silva é daqueles autores que gostam de repetir as mesmas situações em diferentes novelas suas.

Esta será a quarta vez, por exemplo, que uma escola de samba fictícia vai prestar homenagear a um personagem em uma novela do autor e/ou ocorrerá um crime durante um desfile.

PartidoAltoBettyFariaEm “Partido Alto'' (1984), escrita em parceria com Glória Perez, Jussara (Betty Faria), porta-bandeira da Acadêmicos do Encantado, é amante do chefão da comunidade, o bicheiro Célio Cruz (Raul Cortez), mas se apaixona por Piscina (José Mayer), um compositor de sambas-enredo. No último capítulo, a Acadêmicos do Encantado desfila na avenida tendo Jussara como grande destaque, ao som do samba-enredo “E Agora José?'', de autoria de Piscina, em referência a Carlos Drummond de Andrade. Um assassinato acontece durante o desfile – Piscina é morto por capangas de Célio Cruz, crime visto por Jussara do alto de um carro alegórico.

SenhoraDoDestinoMariadoCarmoEm “Senhora do Destino'' (2004-2005) a trajetória da protagonista Maria do Carmo (Susana Vieira) virou enredo da  Unidos de Vila São Miguel. Patrono da escola de samba, o bicheiro Giovanni Improta (José Wilker),  era apaixonado por Maria do Carmo . O enredo era do carnavalesco Ubiracy (Luiz Henrique Nogueira).

DuasCarasJuvenalEm “Duas Caras'' (2007-2008), a escola de samba que desfilou na Marquês de Sapucaí foi a Nascidos da Portelinha, de uma comunidade que tinha como líder Juvenal Antena (Antônio Fagundes). A carnavalesca da novela era Dália (Leona Cavalli) e a rainha da bateria, Gislaine (Juliana Alves).

Em “Império'', a escola União de Santa Teresa é presidida por Antoninho (Roberto Bonfim), que no passado foi garimpeiro no Monte Roraima. Depois de recolocar Juju Popular como rainha de bateria, ele decidiu homenagear o amigo José Alfredo no Carnaval. Ao revelar que vai haver um crime em pleno desfile, o autor avisou: “Ainda não sei quem vai ser a vítima de Maurílio (Carmo Dalla Vecchia). Vou decidir na hora''.

A esta altura, em seu quarto desfile, já dá até para falar em um Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos de Aguinaldo Silva.

Cenas de “Império''

Cenas de “Império''

Veja também
Coroação de Juju Popular quase é sabotada por Xênia em “Império''
Maria Marta descobre José Alfredo escondido em escola de samba
Caprichosos de Pilares vai dar suporte para a escola de “Império''
“Ainda não sei quem vai ser a vítima de Maurílio'', garante Aguinaldo Silva


Silvio Santos manda notícias de sua vida comum na Flórida
Comentários 27

Mauricio Stycer

SilvioSantosFeriasPatricia

Silvio Santos sai de férias, viaja para Orlando, mas sempre dá um jeito de manter os fãs informados a respeito dos seus passos. Ano passado, deu aquela entrevista sensacional à “Veja São Paulo”, que o estampou na capa lavando louça, vestindo uma bermuda e uma estranha camisa estampada.

Esse ano, coube a uma de suas filhas, Patrícia Abravanel, mandar notícias. Nesta quinta-feira (22) à tarde, ela publicou no Instagram a imagem acima, do pai, com a seguinte legenda:

“Socorro!! Para completar o ‘look’ tradicional de férias do meu pai (camisa florida com shorts xadrez), olha as meias que a Rebeca deu!! #ninguémmerece #curtindoasferias #naotánemaí”

Outra das férias
Luciano Huck e Angélica publicam selfie e tietam Silvio Santos


Tempo de “BBB15”
Comentários 1

Mauricio Stycer

bbb15Estreia
Como todo ano, vou participar da cobertura que o UOL faz do “Big Brother Brasil” escrevendo textos para o especial do UOL Entretenimento. Em parceria com a ex-BBB Angélica Morango também vou debater o programa no UOL Vê TV,  às quartas-feiras. Caso interesse ao leitor, os meus textos sobre o reality show podem ser acessados clicando na barra lateral direita do blog, no item Acompanhe também – BBB15.

Caso o assunto não te interesse, não se preocupe. Continuarei atualizando o blog normalmente, com outros temas relacionados ao universo da televisão e do entretenimento.

Veja também
Depois do desastre de 2014, “BBB15″ estreia em ritmo lento, mas caprichado


“Só vá pro BBB se você estiver ‘sem eira nem beira'”, aconselha Aline
Comentários 2

Mauricio Stycer

UOLVeTVAline2

Na estreia do “UOL Vê TV – Especial BBB”, o programa recebeu a atriz Aline Dahlen, participante da décima-quarta edição. Arrependida, ela considera que foi a pior coisa que aconteceu em sua vida ter entrado no reality show da Globo. Na conversa comigo e com Angélica Morango, ela aconselhou futuros candidatos a só entrarem no programa se “estiverem sem eira nem beira, na m… total”.

Veja abaixo a íntegra do programa (30 minutos), repleto de novidades – cenário e quadros novos, incluindo a participação especial do blogueiro Chico Barney – além de trechos editados da conversa.


O dia em que a realidade bateu à porta do “Teste de Fidelidade”
Comentários 104

Mauricio Stycer

TesteFidelidadeAmanda

Programa de maior audiência da RedeTV!, o “Teste de Fidelidade” apresenta semanalmente histórias de homens supostamente infiéis, filmados com câmeras escondidas enquanto são seduzidos por atrizes contratadas. O ápice do programa sempre ocorre no final, quando o infiel é confrontado por sua mulher ou namorada e ambos brigam (ou encenam uma briga) no palco, sob o olhar complacente do apresentador João Kleber e de seguranças da emissora.

Neste domingo (18), entre um teste e outro, João Kleber resolveu tratar de um fato ocorrido fora do programa. Ele convidou ao palco a atriz Amanda Riviera, que costuma participar do “Teste'' como uma das sedutoras, mas para falar de sua vida pessoal. Com o olho roxo e marcas por todo corpo, ela acusou o seu namorado de agressão.

TesteFidelidadeAmanda2Ao recebê-la, João Kleber disse: “Uma coisa terrível, abominável. Total indignação.” Amanda contou: “Por ciúmes, bebida, junto com droga. Ele (o namorado) não conseguia olhar no meu olho, só me espancava, me mordia.” Sem ouvir o homem acusado, o apresentador disse: “Eu não estou aqui para julgar, porque eu não estava presente”. Em seguida, recomendou: “Todo casal tem problemas. Qual casal não tem problemas? Mas não precisa chegar a este extremo”.

Por pouco mais de três minutos, enquanto esteve no palco, Amanda deu ao “Teste de Fidelidade” um tom de realidade que raramente se vê nos testes exibidos semanalmente. Foi chocante. Veja abaixo:

Veja também
Atriz do “Teste de Fidelidade'' acusa namorado de agressão

O blog está no Twitter, Facebook e Google+.


Anitta expõe a intimidade para MTV e lembra a época em que comia miojo
Comentários 13

Mauricio Stycer

MTVAnitta5

Em Las Vegas, onde esteve para participar do Grammy Latino, em novembro do ano passado, a cantora Anitta circulou de limusine. A certa altura, sem saber quem estava conduzindo no banco de trás, a motorista se vira para ela e pergunta: “Você é uma celebridade?” Rindo, Annita responde em inglês: “Sou irmã da Kim Kardashian”. Em seguida, séria, explica: “Sou uma cantora do Brasil”.

MTVAnitta6Esta cena é apresentada logo na abertura de um ótimo documentário sobre a cantora, programado para ser exibido neste domingo, às 22h, na MTV. O UOL assistiu ao programa com exclusividade. Ele é o primeiro de uma série chamada “Música.doc”, que também vai apresentar a intimidade de Marcelo D2, Ivete Sangalo, Mr. Catra, Pitty e MC Guimê.

O documentário sobre Anitta chama a atenção pela abertura que ela concedeu às diretoras do filme, Dora Jobim e Clara Cavour, e pela aparente espontaneidade e sinceridade que transmite durante as filmagens.

MTVAnitta4Na cozinha de sua casa, por exemplo, em companhia da mãe, Anitta abre a geladeira e comenta: “Nessa casa tem fartura. Há cinco anos eu abria a geladeira e só tinha água e ovo”. Pensa um pouco e acrescenta. “E miojo, que era 50 centavos”.

A maior parte do documentário registra a viagem da cantora a Las Vegas, onde foi a única brasileira a se apresentar na cerimônia de entrega do Grammy, e depois a Los Angeles, onde fez um trabalho fotográfico.

Anitta fala das cirurgias plásticas que fez, nos seios e no nariz, e se diz espantada com as reações que provocou por conta disso. “Hipocrisia e moralismo”, reclama. “Fiz plástica. Tenho um problema, tenho um peito do tamanho do mundo”, diz, em tom de desabafo.

A cantora também fala das dificuldades que tem em controlar o peso e conta que de tempos em tempos abre mão das dietas. “Se eu estou a fim de fazer uma dieta, eu faço. Se eu estou a fim de não fazer e engordar, eu engordo''.

Sem largar o telefone, Anitta revela que sonha, sim, em fazer carreira nos Estados Unidos, mas parece ter os pés no chão. “Não me acho a última bolacha do pacote.”

MTVcatraPara quem se espantou com o elenco escolhido para integrar a série “Música.doc”, muito popular, digamos, a MTV explica que “selecionou artistas que, além de serem populares atualmente, conversam diretamente com o público do canal”.

Os seis nomes, segundo a MTV, levam em conta tanto artistas mais jovens, que despontaram recentemente, como nomes com carreiras consolidadas há mais tempo “entre esse mesmo público”.

MTVd2O segundo episódio da série, dedicado a Ivete Sangalo, vai ao ar em 8 de fevereiro. Em 1º de março, o programa mostra uma festa de aniversário na casa Mr. Catra. O documentário sobre Marcelo D2 está previsto para 22 de março. Depois, em 12 de abril, é a vez de MC Guimê e,  no dia 26 do mesmo mês, Pitty encerra a série.

“Música.doc” é uma produção da Migdal Filmes, co-produzida pela MTV, com apoio de leis de incentivo e selo da Ancine. Cada documentário tem cerca de 50 minutos.

Veja fotos da cantora Anitta

Veja fotos da cantora Anitta